Querido diário, ajuda-me nessa confusão?

terça-feira, fevereiro 03, 2015 32 Comments A+ a-

Querido diário, após tudo que vem passando na minha cabeça, eu estou feliz. Mas, até quando? Espero que dure. Sempre acabo fazendo uma besteira e estragando tudo. Mas desta vez não, espero que me entenda, poucas pessoas entendem, mas muitas sentem-se assim.  Porque é tão difícil manter-se bem? Será por ser tão fácil que acabamos errando? Acho que não. É algo mais. 

O porque da felicidade se não houvesse nossa tristeza. E hoje, só hoje eu vi o que estava errado. Era eu. Mas agora tanto faz, já percebi isso, e agora? O que fazer? Escrever tinha se tornado complicado, faltava-me o que te dizer, mas agora, só agora eu vi, eu não estava completa, me falta isso. O que seria "isso"? Eu não sei. Talvez algum bem estar que me faltava, talvez deixar alguma preocupação inútil de lado, ou talvez seja só mais uma paranoia minha. Espero que não. Desejo ser feliz. E sou. Tenho quem amo ao meu lado, tenho meu cantinho. Mas o que falta então? Quando mais tenho, mas quero. Acho que não. Talvez seja. Sonhamos alto demais as vezes. Mas como alimentar a vida sem os sonhos? Porque é tão difícil ser diferente aqui, e é tão fácil lá fora? Talvez porque não temos apoio, e o mundo é egoísta. Eu sou egoísta. Mas eu tenho apoio, porque as vezes ser eu mesma se torna tão complicado quando não te conheço? 


 Cresci. Ainda cresço. E cada vez mais minha vida vai se encurtando. Eu preciso aproveita-la. O que eu quero nessa vida? Quero tanta coisa. Mudanças. Eu passei por elas, ainda quero passar por mais. Por que essa confusão comigo mesma? Espero que seja normal. Eu estou feliz. Quero estar feliz. Então porque estão reclamando aqui? Não estou reclamando. Ainda não. Porque estou bem. Espero que estejas bem também. Ninguém merece chorar, mas se não chorar as vezes não vai sorrir sempre. Acho que essa confusão é apenas frescura. Eu só quero me aparecer. Apenas atenção, só isso. Acho que isso que me deixa triste as vezes. Ou talvez seja mais outra frescura. Quem sabe. Eu não sei. Não se se vai ter tempo para ler isso. Ninguém tem. Mas eu tento. Estou tentando. E isso é algo que não vou desistir. Sempre desisto de tudo. Mas dessa vez vai ser diferente, eu sei que vai. 

     
As coisas andam bem para o meu lado, pelo menos a maioria delas, mas não sei quanto tempo isso vai durar, e hoje, só hoje, eu vi que mudei, era isso que faltava, só então eu consegui escrever isso, só assim eu consegui voltar a dizer isso. Espero que não fuja de mim, todo mundo foge, mas deve ser porque eu as espanto, tem pessoas ruins, por isso tenho medo de vocês, espero que não fique chateado, talvez, quem sabe quando eu não tiver medo a gente possa conversar, trocar conselhos ou coisas que vocês fazem e eu não tenho a menor ideia do que seja. Espero do fundo do coração que a felicidade seja maior. E que eu me sinta bem. Já me sinto. Não sei até quando, então cuide-se. Eu me cuido. Sei que ninguém vem aqui por acaso sem eu pedir, isso me deixa triste. Mas acontece. Tem tanta pessoa melhor lá fora. E aqui também. Mas eu vou melhorar. E quando vocês reconhecerem isso, leem esse texto novamente, porque foi a partir daqui.

Uma shinigami que gosta de ler e é apaixonada por joguinhos, sonha em lançar um livro e um dia ir para o Japão. Fallenatica e k-popper, chora quase sempre que escuta Lie.

32 comentários

Write comentários
3 de fevereiro de 2015 12:21 delete

Eu sei que todos têm seus próprios problemas e preocupações, mas acredito que cada um é responsável pela sua própria felicidade. Não se prender à situações ruins, viver sempre com a maior intensidade possível as boas, curtir todos os momentos, mesmo que estes pareçam não serem tão legais assim. Dar uma chance a algumas pessoas, mesmo que estas já tenham errado antes, não dar chances à quem te magoa e entristece cada vez mais. Acreditar e correr atrás de seus sonhos, mas não esquecer da realidade. Buscar sempre ser alguém melhor e ajudar aqueles que estão sempre ali por você, porque isso vale muito! :) Existem tantas coisas boas pra fazer que ajudariam muito a nos trazer felicidade que não dá pra citar tudo aqui... Mas, pra mim, o mais importante de tudo é ter sempre um pensamento positivo sobre as situações :)

Beijosss
http://bookspoison.blogspot.com.br/

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 12:43 delete

Isso mesmo Ursulla, a felicidade é algo tão simples e complicado, chega a me dar dor de cabeça, mas sabe, acho que ninguém nasceu a toa, se estou aqui, se você está aqui, é porque temos algo a fazer ainda, não nascemos para sermos infelizes, então é algo difícil de se explicar, mas algo fácil de entender.

Reply
avatar
Beatriz Lima
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 13:43 delete

Oi, tudo bem?
Você escreve super bem, o texto é mesmo muito tocante. Mas não fica assim, acredita em si e tudo irá melhorar. Não desista dos seu sonhos, você é linda e terá um futuro maravilhoso, basta lutar por ele. A vida é assim mesmo, ás vezes achamos que tudo está ruim, mas um dia tudo melhora. Basta Acreditar.
Estou seguindo seu blog, beijos :)
http://leit0res.blogspot.com.br/

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 13:56 delete

Obrigada pela visita. E muito obrigado por dizer que escrevo bem, fico feliz quando dizem isso. E sou uma confusão mesmo, mas olha, estou bem, sou feliz. Beijos ♥

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 14:41 delete

Olá!
Sabe, me identifiquei bastante em alguns trechos do seu texto, e simplesmente adorei. Espero bastante que um dia ao acordar não se sinta triste, que venha somente a alegria. Muitas pessoas falam para mim "Não se deve sonhar tão alto" e eu sempre falo "Eu não tenho medo de sonhar". Não tenha medo de sonhar querida, o sonho é a essência da alma. Adorei seu blog e já vou seguir.
Faça uma visitinha no meu: http://anerdologia.blogspot.com.br/

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 17:46 delete

Olá Leticia !
Devo dizer que pra uma menina você escreve muito bem, porém encontrei alguns errinhos de escrita e concordância no seu texto que seria viável a consideração, pois faz muita diferença dependendo do que se quer expressar. Achei um pouco depressivo, mas realista , e disso eu gostei :)
Abraços

www.dezenoveprimaveras.com.br

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 18:19 delete

Obrigado pelo conselho Carol, pode deixar que na próxima irei rever tudo! Beijos ♥

Reply
avatar
3 de fevereiro de 2015 21:17 delete

estou passando por um momento exatamente como o texto, adorei seu post, bjus

Reply
avatar
Cris Albert
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 21:45 delete

Oi, Leti!
Eu sinto uma grande simpatia por ti e me sinto triste quando você diz que está triste ou confusa, como me pareceu aqui. Espero que você consiga achar um rumo na tua vida e ser feliz!
Seu texto me lembrou muito de algumas coisas que eu mesma escrevi ao enviar emails a algumas pessoas com relação àquelas cartas de As Vantagens de Ser Invisível. Se você quiser me mandar emails daquele jeito, estou a disposição!
Meu email é porcoespinho52@gmail.com


Leitores Forever

Reply
avatar
Carmen M.S.
AUTHOR
3 de fevereiro de 2015 22:03 delete

Acho que todo mundo já sentiu assim do jeitinho que você escreveu no texto, meio para baixo.
Isso é normal do ser humano, afinal, somos sentimentais e não temos o dever e obrigação de estar feliz o ano inteiro, só não podemos nos deixar abater e frustrar .

bjs

WWW.PAINELPARACONGRESSO.COM

Reply
avatar
Mary Pires
AUTHOR
4 de fevereiro de 2015 00:07 delete

Olá Leticia.
Ainda não conhecia seu blog e adorei. Você escreve muito bem consegue expressar com clareza, sabe transmitir os sentimentos,acredito que você terá um bom futuro como escritora te desejo muito sucesso e que consiga publicar o tão sonhado livro.
http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

Reply
avatar
4 de fevereiro de 2015 09:11 delete

Ah, vou pensar na proposta Cris! E eu também sinto uma grande simpatia por ti ><

Reply
avatar
Luana Santos
AUTHOR
4 de fevereiro de 2015 10:52 delete

Olá ! Você escreve bem! Muito bonito e gostei muito mesmo da forma que escreve também viu!
Bonito seu blog!
Beijos
http://cheireiumlivro.blogspot.com.br/

Reply
avatar
4 de fevereiro de 2015 12:04 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
Thai Grey
AUTHOR
4 de fevereiro de 2015 14:02 delete

Oie ><

Como já disseram ali em cima, você escreve bem. Só uma coisa ou outra que acredito tem pequenas falhas.
Eu recomendaria você pular uma linha em cada parágrafo ou algo assim. É minha opinião, mas pra mim, fica cansativo ler o texto tudo junto, sem nenhum espaço. Ta muito junto isso.

Mas no geral, gostei do texto, e já me senti assim. Sabe, sem foco? Nessa tristeza... A única coisa que me tira disso é orar para o Eterno, pedir que ele me conforte. Espero que consiga melhorar.

Bjs

Reply
avatar
4 de fevereiro de 2015 16:25 delete

Oii, tudo bem?
Estranho como às vezes o texto de outras pessoas nos faze parar para pensar em nossas próprias vidas, nossas próprias atitudes...
Vc escreve bem, adorei o texto...
Bjs

http://a-libri.blogspot.com.br

Reply
avatar
Natana Duarte
AUTHOR
4 de fevereiro de 2015 22:44 delete

Oi, tudo bem?
Eu gostei bastante do post e algumas vezes já me senti assim, mas devemos sempre pensar positivo e sonhar com dias melhores... Espero que essa fase também passe na sua vida...

beijos
colecionando livros...

Reply
avatar
5 de fevereiro de 2015 11:58 delete

Obrigado pelas dicas, eu tentei dar uma arrumada :D

Reply
avatar
6 de fevereiro de 2015 12:59 delete

Muitooo bom! Mil beijos e sucesso.
http://beatrizconceicao2018.blogspot.com.br/

Reply
avatar
Karina Erika
AUTHOR
7 de fevereiro de 2015 02:33 delete

Acho que sempre vai faltar um "isso" na nossa vida. A gente passa mais tempo com medo da infelicidade que acabamos esquecendo que o que temos é a felicidade. Não notamos que estamos tornado a felicidade infelicidade.

Gostei do que você quis dizer no texto. Espero que publique mais coisas do tipo nesse seu cantinho.

Beijos,
Karina do blog Eu e Minha Cultura.

Reply
avatar
Meiri Souza
AUTHOR
5 de março de 2015 19:39 delete

Que texto maravilhoso, entendi realmente o que você quis dizer ♥

http://magneticdaisies.blogspot.com/

Reply
avatar
6 de março de 2015 01:19 delete

Oi Le
É tão estranho quando ficamos com essa sensação de estar faltando algo, mas não sabemos o que é que está faltando... Acho que faz parte da vida e hora ou outra passa. Passa sim... Eu espero.
Beijos

Vidas em Preto e Branco 

Reply
avatar
12 de março de 2015 19:51 delete

Primeira visita e me deparo com um ótimo texto reflexivo.
Há trechos em que é inevitável não se identificar.
O ser humano é uma caixinha de confusão.
Particularmente, tenho um certo receio com relação à mudanças.
Enfim, o importante é ter em mente que dúvidas, questionamentos sempre existirão. Mas as respostas podem ser encontradas em determinados momentos, e assim amadurecemos.
Curti muito seu texto, parabéns. ^^

Reply
avatar